2022: VAI TER REAJUSTE NOS SALÁRIOS E NA APOSENTADORIA

O salário mínimo aumentou de R$ 1100 para R$ 1212. Um reajuste 10,18%.

O valor dos benefícios previdenciários (aposentadorias e pensões) maiores que o salário mínimo terão reajuste de 10,16% em 2022.

Quem teve o benefício concedido nos últimos doze meses terá reajuste proporcional aos meses em que está aposentado, explica o advogado Hilário Bocchi Junior, especialista em previdência no escritório Bocchi Advogados.

Clique e inicie uma conversa pelo whatsapp

EQUIPARAÇÃO AO SALÁRIO MÍNIMO

Todos os benefícios pagos em dinheiro são reajustados anualmente de acordo com a variação da inflação.

A vinculação do valor do benefício ao salário mínimo foi julgada inconstitucional pelo STF.

Cuidado com os atravessadores de plantão.

Agora tem um monte de “profissionais” oferecendo revisão de aposentadoria. Desconfie.

COMO CONTRIBUIR EM 2022

Existem várias formas de contribuir para a previdência. As alíquotas são de 5%, 11% e 20%. E podem incidir entre o piso e o teto do INSS.

Contribuições abaixo do salário mínimo não são computadas para fins previdenciários e as contribuições que superarem o teto podem ser recuperadas.

Existem vários tipos de contribuinte: empregados, desempregados, trabalhadores por conta própria e servidores públicos.

Veja no nosso Blog o conteúdo sobre as contribuições previdenciárias.

PERGUNTAS RECORRENTES

A partir de quando vai valer o aumento?

Os trabalhadores, aposentados e pensionistas vão sentir o aumento do salário e dos benefícios a partir do mês de fevereiro, visto que a competência de janeiro é paga no mês subsequente.

Fique atento ao seu holerite. Beneficiários da Previdência podem conferir o extrato no site do INSS.

Isso pode confundir o trabalhador no planejamento previdenciário.


Qual é o aumento para aposentados e pensionistas?

Os benefícios do INSS estão vinculados ao piso do salário mínimo, então ninguém pode receber menos de R$ 1.212 em 2022.

Aposentados e pensionistas que recebem valor maior que o salário mínimo terão reajuste de 10,16% neste ano.


Quem ainda não está aposentado, vai ter que pagar mais?

O valor da aposentadoria tem relação direta com a contribuição. Quando aumento o salário, aumenta o valor que deve ser contribuído.

A dica para o trabalhador que ainda vai aposentar é fazer um planejamento previdenciário para definir qual é a melhor forma de contribuir para não jogar dinheiro no lixo.


Como fazer um planejamento previdenciário?

A referência não é só pensar no futuro, esclarece o advogado Hilário Bocchi Junior, fazer um levantamento de tempo de contribuição do passado e definir quando vai se aposentar, quanto vai receber e qual é o melhor benefício, são passos importantes para definir como contribuir para a previdência.


DÚVIDAS E SUGESTÕES

www.bocchiadvogados.com.br

@bocchiadvogados

Clique e converse: Whatsapp (16) 99319-1348