APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO COM IDADE REDUZIDA

Atualizado: 23 de fev.

Além das regras de pedágio (50% e 100%) e da regra de pontos (85/95), o segurado pode utilizar a regra de tempo de contribuição com idade reduzida, explica o advogado Hilário Bocchi Junior, especialista em previdência no escritório Bocchi Advogados.

Nesta regra de transição, além do tempo mínimo de contribuição (30 anos para mulher e 35 anos para o homem) é preciso comprovar também a idade mínima de 56 anos para as mulheres e 61 anos para os homens.

Utilize nossa calculadora.


APOSENTADORIA POR TEMPO COM ACRÉSCIMO DE IDADE

Na regra de transição de aposentadoria por tempo de contribuição com idade reduzida, haverá acréscimo de seis meses a cada ano, a partir de 2019.

A idade mínima reduzida inicial para aposentadoria começa com 56 anos para a mulher e 61 anos para o homem.


QUANDO A IDADE PARA DE CRESCER?

A progressividade será estancada a partir dos 62 anos para as mulheres e a partir dos 65 anos para os homens, quando atingirão a idade da aposentadoria por idade.


PROFESSOR E PROFESSORAS

Para o professor que comprovar exclusivamente tempo de efetivo exercício das funções de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio, o tempo de contribuição e a idade serão reduzidos em 5 (cinco) anos, sendo, a partir de 1º de janeiro de 2020, acrescidos 6 (seis) meses, a cada ano, até atingirem 57 anos, se mulher, e 60 anos, se homem.


DÚVIDAS E SUGESTÕES

www.bocchiadvogados.com.br

@bocchiadvogados

Clique e converse: Whatsapp (16) 99319-1348