TEMPO AFASTADO PELO INSS CONTA NA APOSENTADORIA

O tempo de afastamento pelo INSS conta como tempo de serviço, portanto pode ser utilizado para aposentadoria na previdência.



AUXÍLIO DOENÇA

O auxílio doença conta como tempo de contribuição, o auxílio doença acidentário conta como tempo de contribuição e o tempo de afastamento conta para aposentadoria.

Com exceção do auxílio-acidente os demais benefícios por incapacidade conta tempo na Previdência Social.

  • Aposentadoria por invalidez, cujo nome foi alterado para benefício por incapacidade permanente;

  • Auxílio doença, cujo nome foi alterado para auxílio por incapacidade temporário.


REABILITAÇÃO PROFISSIONAL

No período de reabilitação profissional o benefício de auxílio doença deve ser mantido, logo quanto mais tempo de afastamento tiver, mais tempo de serviço poderá ser somado para obtenção dos benefícios programáveis:

  1. Aposentadoria p0r tempo de contribuição

  2. Aposentadoria por idade

  3. Aposentadoria do professor


COMO CALCULAR

O site oficial do INSS normalmente não apresenta todas as situações de simulação de aposentadoria.

A calculadora de aposentadoria da Previdência não aborta todas as situações de benefícios.

Nós preparamos uma calculadora para saber com precisão quando o segurado vai aposentar.

Dá para incluir o tempo de afastamento por acidente do trabalho no cálculo e descobrir como antecipar a aposentadoria.


O tempo que fica afastado conta para aposentadoria?

Sim. O segurado precisa voltar a contribuir para o tempo de afastamento contar para aposentadoria.

O art. 55, II da Lei n. 8.213/91 diz que conta para aposentadoria “o tempo intercalado em que esteve em gozo de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez.”


Como calcular o tempo de afastamento na aposentadoria?

O trabalhador pode utilizar a calculadora de aposentadoria do site www.bocchiadvogados.com.br para fazer a simulação de quando vai aposentar.


Dá para calcular o tempo de afastamento por doença na aposentadoria especial?

Sim. O tempo de afastamento conta para aposentadoria especial quando o período trabalhado que antecedeu o afastamento foi exercido em condições de risco à saúde ou à integridade física.

Então, se o tempo anterior ao afastamento for especial, o tempo de afastamento conta na aposentadoria como especial, também.


IMPORTANTE

Esta é uma das formas para aumentar o tempo de contribuição, mas existem outras que podem ser vistas no vídeo abaixo:

  • Trabalho não registrado em carteira de trabalho

  • Tempo trabalhado sem contribuição

  • Conversão do tempo de serviço especial em comum




DÚVIDAS E SUGESTÕES

www.bocchiadvogados.com.br

@bocchiadvogados

Clique e converse: Whatsapp (16) 99319-1348


AUTOR

Hilário Bocchi Junior, é advogado especializado em previdência no Bocchi Advogados Associados.